Sociedades de Advogados

 

As origens da Interlegal remontam a 1984, quando dois advogados franceses reconheceram a importância de um tipo de associação jurídica que envolvesses escritórios de advocacia em toda a Europa e no Norte de África, permitindo-se dessa forma a satisfação das crescentes necessidades internacionais dos seus clientes.


Ao longo dos cinco a seis anos seguintes e através de pesquisas cuidadosas e negociações entre vários advogados, inicialmente de França, Espanha e Portugal, mas alargadas rapidamente a sete países e, nesse sentido, passando a incluir a Inglaterra, Alemanha, Itália e Holanda, a rede de escritórios de advogados foi criada tendo em vista a constituição de um Agrupamento Europeu de Interesse Económico (AEIE). A associação foi estabelecida formalmente entre os representantes de escritórios de advocacia dos referidos sete países da União Europeia, aos quais se juntaram a Bélgica e a Dinamarca, adoptando em 1989 a denominação de Eurojurist.
 


A associação foi crescendo e alcançando um excelente nível de prestação de serviços jurídicos em toda a Europa, servindo clientes que iam desde pequenas empresas a multinacionais. Rapidamente se sentiu a necessidade do alargamento da associação a um nível mundial, considerando a crescente procura dos clientes por assessoria jurídica e assistência em países para além das fronteiras da Europa. Em 1994 foi constituída a associação “Eurojurist Network” tendo, dessa forma, sido contornadas as limitações decorrentes de um Agrupamento Europeu de Interesse Económico (AEIE). Em 1996 o nome da associação foi alterado para Interlegal, de forma a refletir essa mudança de perspetiva do âmbito geográfico dos serviços prestados. Desde a referida data a associação cresceu, tendo incorporado membros da América, Ásia, Extremo Oriente e Austrália, bem como novos membros da União Europeia, mantendo o seu objectivo inicial de proporcionar serviços jurídicos de excelência nos locais em que os negócios dos clientes se inserem.